1.Dicas para economizar energia em motores elétricos:

» Verifique se existem motores superdimensionados e tente adequá-los;
» Quando for substituir motores, verifique se a concessionária local contribui financeiramente para essa substituição;
» Quando o regime de funcionamento de um motor for muito variável, pode ser feito um ajuste por meio da instalação de inversores de freqüência;
» Desligue os motores das máquinas quando estas não estiverem operando;
» Faça manutenções preventivas periódicas;
» Verifique se os dispositivos de partida estão adequados



2.Dicas para economizar energia em sistemas de bombeamento de água:

» Verifique se há válvula semi-fechada na sucção das bombas radiais e no recalque ou obstrução parcial na válvula de pé com crivo ou no próprio crivo;
» Opere as bombas em pontos de melhor eficiência;
» Evite tubulação incrustada ou com sólidos decantados, pois aumentam substancialmente a perda de carga e, por conseqüência, a altura manométrica e a potência requerida;
» Evite a associação, em paralelo, de bombas com a parábola das curvas de sistemas muito inclinadas e de bombas de polpa, com o sistema de transmissão por polias e correias;
» Verifique a existência de folgas entre rotores e anéis, pois reduzem o rendimento volumétrico;
» Utilize tubulações com diâmetros de sucção e recalque adequados;
» Verifique a presença de cavitação no sistema de bombeamento, pois reduz o rendimento volumétrico.



3.Dicas para economizar energia com equipamentos de ar comprimido:

» Verifique periodicamente se existem vazamentos internos, desgaste excessivo em anéis de segmento, válvulas e outros componentes dos compressores;
» Mantenha as correias de acionamento adequa-damente ajustadas;
» Procure fazer as tomadas de ar de admissão fora da casa de máquinas;
» Dimensione a tubulação do trajeto entre os com-pressores e o reservatório para uma perda de pressão máxima de 0,08 kg/cm2 para cada 100m;
» Dimensione a tubulação do trajeto entre o reservatório de distribuição e o ponto de utilização mais distante para uma perda de pressão máxima de 0,03 kg/cm2;
» Elimine todos os vazamentos existentes nas tubulações;
» Retire da rede de distribuição de ar todos os ramais secundários desativados;
» Utilize válvulas de bloqueio acionadas por solenóides junto aos equipamentos que operem intermitentemente;
» Efetue tomadas de ar para ramais secundários sempre por cima da tubulação principal, para evitar o arraste do condensado.



4.Dicas de Ferramentas


5.Danos em Enrolamentos Motores Monofásicos


6.Danos em Enrolamentos Motores Trifásicos


7.Dados para Dimensionamento de Bombas


8.Manual de Instruções de Bombas e Motobombas


9.Manual de Cálculo de Polias e Correias
»
Arquivo
Fazer download deste arquivo (manual-voges.pdf)Manual Voges